Triste intolerancia

 Secretária de Cultura de Uruburetama acusa quadrilha de praticar macumba durante dança

No último domingo (19), Fernanda Carneiro, secretária de Turismo e Cultura do município de Uruburetama, no interior do Ceará, interrompeu uma apresentação de quadrilha sob a justificativa de que a dança representaria uma “macumba”. A apresentação foi realizada pela quadrilha “Trem Maluco” e tinha como tema a história de vida de Santa Dulce dos Pobres, popularmente conhecida como Irmã Dulce. 

Foto: Reprodução/ Redes Sociais

De acordo com um dos organizadores do evento, ao observar a caracterização dos personagens baianos, local de origem da Santa, a gestora ordenou que a performance fosse interrompida por completo, alegando que “trazer macumba para dentro de uma festa religiosa” seria falta de respeito. 

Mesmo com a demanda da secretária, o evento prosseguiu e, ao final da apresentação, os donos da quadrilha  “Trem Maluco” tentaram explicar o significado da dança ao público, mas foram interrompidos. A empresa publicou uma nota de repúdio em suas redes sociais criticando a ação da gestora. 


“Repudiamos todo o ocorrido na cidade Uruburetama e ficamos muito mais tristes em saber que isso partiu das nossas próprias autoridades da cidade, as religiões de matrizes africanas são parte da nossa história e da nossa cultura, precisamos entender e respeitar assim como qualquer outra prática, basta de toda ignorância e intolerância. Nada justifica tamanha falta de respeito com nossos membros e com o público presente que presenciou toda cena lamentável”, diz o texto.

A prefeitura do município emitiu uma nota de desculpas e solicitou uma conversa com o grupo para “amenizar o desconforto entre as partes envolvidas direta e indiretamente”.

Capa do jornal OEstadoCe

 


Coluna do macario batista para o dia 22 de junho d 2022


As aglomerações e suas consequências
Chamou a atenção do comercio, da indústria, do mundo político e do povo que adora uma festa, caso comum ao cearense, a nota divulgada pela Prefeita do Icó, dona Laís Nunes, explicando que não haveria a grande festa regional da terra dela, o Forricó, que costuma receber até 80 mil pessoas nos tres dias de festas e que seriam a 8 ,9 e 10  de julho próximo.Dona Laís reuniu toda a comunidade representativa icoense e decidiu não fazer a festa. Saúde, educação, segurança, comércio, entidades civis, clubes de serviços, todo mundo. E aceitaram as ponderações da prefeita; "Não vamos fazer Forricó este ano". Motivos quais? SImples; Iguatu fez uma semana de festas juninas. Cedro fez grandes festas juninas. A juventude do Icó, doidinha por uma festa, correu pras duas. Ontem, esta coluna soube, de cada 100 casos testados de Covid 19 no Icó, 50 deram positivos. Taí a resposta, cheia de responsabilidade, cuidados e principalmente respeito à vida. Icó, se caísse outra vez na malha fina do vírus, não suportaria a demanda. Lotaria leitos, UTIs e acabaria levando gente nova a internamentos e até a mortes. Um cancelamento, como foi dito aqui, ontem, que cuidou de ouvir a voz da razão, da lógica e da boa prática político-administrativa.Tomara que sirva de exemplo pra quem quiser se arriscar em grandes eventos.E mais: Dona Laís mantém perto dela, um comitê formado por responsáveis pelas entidades citadas e gente o povo comum, permanentemente, para tomada de grandes decisões.

A frase:"Perdoe os inimigos, mas nunca esqueça deles". Diz que é de um tal  de John Fitzgerald Kennedy . Sabe quem foi?

Todos juntos por um jogo de paz (Nota da foto)

A Secretaria do Esporte e Juventude (Sejuv)  acolheu reunião de segurança da operação do Clássico-Rei da Copa do Brasil, que será realizado nesta quarta-feira (22), às 20h, entre Fortaleza e Ceará..“Essa reunião busca maior e melhor condição de segurança para o torcedor que irá participar do evento e facilitar também a vida das pessoas que passam no entorno da Arena Castelão”, afirmou o TCel PM Landim.

Foi maus
A boca miúda circula a notícia de que o presidente do PDT no Ceará, André Figueiredo, tentou botar panos mornos, quase quentes, na relação e nas reações do presidente da Assembleia do estado,Evandro Leitão contra Carlos Lupi,presidente do PDT nacional.

A coisa teria sido assim
André ligou para Evandro que educadamente atendeu o correligionário. Conversa vai, conversa vem, joão-sem-braço no mundo e veio o pedido; Evandro, fale com o Presidente Lupi. Leitão teria respondido: Não tenho nada a tratar com esse senhor. E ficou assim.

Notado
Nem precisa dizer que Evandro Leitão, mais outros pedetistas na Assembleia, têm seguido religiosamente os passos de Izolda Cela.  Onde quer que ela vá, Evandro vai junto, como se um grande grupo de deputados estaduais dessem aval para Leitão representa-los.

Vai ficar esquisito
Diante do fato de Chiquinho Feitosa ter adiantado que Tasso Jeressati, cujo mandato de senador está no fim, seria anunciado esta semana como vice de Simone Tebet, fica ruim,ou pior, a relação do Bonitão com a candidatura de Ciro Gomes.

MDB no meio
Aí fica ruim, tambem, a postura do MDB no Ceará cujo presidente já se posicionou a favor da candidatura de Lula à presidência da república. Tem palanque do MDB pra Tebet e Tasso,
ou pra Lula e o picolé de xuxu? É pagar pra ver e apostar...em qual dupla?

Diz o Zé
Povo que atende por seu Zé, diz que Tasso Jereissati estaria entusiasmadíssimo co essa candidatura dele a vice de Simone Tebet, senadora do Mato Grosso, onde Tasso teria um de seus Iguatemi
agora chamados Jardins Iguatemi. E são amigos.

Bom dia (Se conseguir)

 


Conta de luz ficará até 64% mais cara a partir de julho, após reajuste da Aneel
Bandeira verde permanece sem cobrança extra; maiores altas serão na bandeira vermelha patamar 1 e bandeira amarela
Conta de luz ficará até 64% mais cara a partir de julho, após reajuste da Aneel
A Agência Nacional de Energia Elétrica determinou nesta terça-feira (21) o mais recente reajuste anual das bandeiras tarifárias, que deve aumentar as contas de luz em até 64%.
De acordo com o reajuste, a partir de 1º de julho, a bandeira vermelha patamar 1 terá a maior alta, exatos 63,7%, aumento de cerca de R$ 2,50 por 100 kWh.
A bandeira amarela também terá aumento significativo, 59,5% ou R$ 1,10 por 100 kWh, enquanto a bandeira vermelha patamar 2 registrará apenas acréscimo de 3,2% ou 30 centavos por 100 kWh.

Morre Edisio Pacheco





Morre ex-deputado e ex-prefeito de Itapipoca Edisio PachecoFaleceu na madrugada de hoje em Fortaleza, o ex-prefeito de Itapipoca e ex-deputado estadual Edisio Pacheco. A morte se deu por complicações pós cirúrgicas, ocasionadas por problemas cardíacos.
Edísio Pacheco, nasceu em Itapipoca, formado em Pedagogia pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).
Exerceu seu primeiro mandato de vereador em 1993. Em 1997 foi novamente eleito vereador, sendo novamente reeleito ao cargo de parlamentar municipal em 2001. Em seus três mandatos, apresentou vários requerimentos e projetos de interesse público e integrou importantes Comissões Técnicas da Câmara Municipal, como a de Justiça e Redação (1997-98), Direitos Humanos (1999-2000), Urbanismo e Meio Ambiente (1999-2000) e Legislação, Justiças e Redação Final (2003-2004).
Edísio Pacheco foi, ainda, membro da Comissão responsável pela elaboração do Regimento Interno da Câmara (2003). Durante os mandatos de vereador, Edísio Pacheco assumiu funções de primeiro secretário (1993), vice-presidente (1993-94) e segundo secretário (2001). Também participou da elaboração, discussão e aprovação do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano de Itapipoca (PDDU/2000). Com responsabilidade e competência, Edísio Pacheco foi, ainda, representante da Câmara no Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável (CMDS).
Na Iniciativa Privada empresário do ramo de supermercados, Edísio Pacheco foi presidente-fundador da Câmara dos Diretores Logistas (CDL) de Itapipoca-CE.

Remendo

 Sobre o Forricó

Eram 9 e meia da noite de ontem, quando as redações fechavam suas edições, a Prefeitura de Icó distribuiu esta nota a seus munícipes e às pessoas que têm interesse em uma das maiores festas públicas do Nordeste.

Nota de cancelamento 


Após reunião com as instituições que representam a sociedade icoense, a Prefeita Municipal de Icó, Laís Nunes, informa que o Forricó 2022 está cancelado.

Preocupada com a crise fiscal, as dificuldades que assolam o município pós-pandemia e para atender à solicitação do comércio, a chefe da municipalidade planejava, juntamente, com sua equipe de governo, realizar um Forricó mediano.

Mas devido à alta reincidência de casos positivos para o Covid-19 no município na última semana,em reunião extraordinária nesta segunda-feira (20), coordenada por Laís Nunes com profissionais de saúde, Procuradoria, CDL, Câmara de Vereadores, Maçonaria, Religiosos e membros do comitê de combate ao Covid-19, feitas todas as ponderações, foi decidido por votação unânime a não realização do evento. 

Laís Nunes estará ao vivo, na próxima quarta-feira (22), na rádio Papagaio FM (97.5) para explicar com mais detalhes as motivações do cancelamento do Forricó 2022.

Forricó

O Forricó é uma das maiores festas de forró do Estado, aberta ao público, que ocorre há mais de 30 anos no sítio histórico da cidade e, após o cancelamento da edição de 2022, deve voltar a ocorrer em julho de 2023.

Coluna do macário batista para o dia 21 de junho de 2022



Decisão de André Mendonça cria mal-estar no STF

Na sexta, o ministro determinou que os estados efetuem a cobrança do ICMS do combustível sobre uma base de cálculo menor a partir julho.A decisão do ministro André Mendonça (foto) de determinar que os estados efetuem a cobrança do ICMS do diesel sobre uma base de cálculo menor a partir de julho gerou mal-estar no STF, diz O Globo.Ministros ouvidos pelo jornal carioca avaliam que Mendonça “invadiu” o que estava sendo tratado em outro recurso, que está sob a relatoria de Gilmar Mendes. “A interlocutores, os ministros críticos à decisão de Mendonça têm dito que o ministro ignorou a existência de outra ação do governo sobre o ICMS, ultrapassando o que estava no pedido original relatado por ele.” Mendonça concedeu a liminar no âmbito de uma ação em que o presidente Jair Bolsonaro questiona a conduta dos estados na regulamentação da alíquota única de ICMS sobre o diesel. O ministro também deu o prazo de cinco dias para que a Petrobras explique o que motivou os reajustes de combustíveis – incluindo o mais recente tomado na última sexta-feira.

A frase:"Deixem o SUS em paz. Vão roubar noutro lugar". Drauzio Varella, médico, escritor e um cidadão brasileiro de respeito.

Forricó 2022(Nota da foto)
A prefeita de Icó, Laís Nunes, vai anunciar o Forricó 2022. A festança de arrasta-pé é uma das maiores realizadas em praça pública no Estado do Ceará. E é gratuita. Será nos próximos dias 8, 9 e 10 de julho. A tradição passa de três décadas de realizações. Acontece no maior largo da América Latina, o Largo do Théberge, no sítio histórico icoense. Na última hora, a Prefeita ouviu duas vozes; no ouvido esquerdo, a turma da saúde gritando não,e no direito, a turma do comércio dizendo sim. Pense no dilema.

Evandro gritou primeiro
O evento, O PDT SABE FAZER, daria forte impulso à candidatura do Roberto Claudio ao Governo do Estado. As desastradas manifestações do Presidente Lupi, rendeu acendradas manifestações do Presidente da Assembleia,Evandro Leitão.

Sem Cid, na boca do povo
Outro ponto vistoso, foi a ausência do senador Cid Gomes, o que se conclui, olhando pelo retrovisor que o evento, no dizer de deputados e militantes, foi  inconveniente,descabido e inoportuno. O PDT terá mesmo sabido fazer?

Giz no taco
A turma do andar de cima, no PDT, tenta arredondar os cantos e superar conflitos após o presidente nacional do partido, Carlos Lupi, antecipar a escolha do ex-prefeito Roberto Cláudio como o candidato da sigla ao Governo do Estado.

Foi sinuca ou caiu a branca?
A fala  de Lupi está sendo interpretada como empurrão goela abaixo e, gerou desconforto no PDT e, desde  sexta-feira, os movimentos de bastidores buscam baixar o fogo com água gelada no radiador para que se mantenha a aliança com o PT.

Seminário
Centenas de prefeitos, vereadores e mestres do direito, se reunem amanhã no Seminário de Gestores Públicos. UVC e Aprece são dois dos promotores que por sinal receberão, na Abertura, 9 da manhã, a Governador Izolda Cela.

No aeroporto Pinto Martins
O Pessoal da Fraport, empresa alemã que arrendou o aeroporto de Fortaleza, está anunciando a instalação de um hotel, ligado à estação de passageiros e um centro de negócios na mesma área. Precisa saber se isso está dentro do contrato os 20 anos e de quem eles compraram as áreas para as construções.

Bom dia, O Dia ou seja lá o que Deus quiser...

 


Sei nem quando, se no primário ou no científico, ensinaram e eu aprendi que a ordem dos fatores não altera o produto. Isso vale pra 4 e 5 ,9 ou 5 e 4, 9. Aqui vai valer hoje. Começar pelo O DIA, PORQUE COMEÇA HOJE O INVERNO NO BRASIL. O inverno no Brasil é quando o hemisfério norte fica mais longe do sol e por isso os dias são mais curtos, as noites mais longas e por isso mesmo a temperatura cai. A gente não sente muito isso por aqui, pelo Ceará, mas como o dia está programado pra nascer as 5 e 29, já estou atrasado 4 minutos para começar o inverno, da banda de cá. Eu sei que chamamos inverno o tempo das chuvas, mas inverno mesmo, pra valer é uma das 4 estações.; começando agora, inverno, primavera outono e verão. E seja o que Deus quiser, porque o dia vem assim...

A MIssa do Pade Cicero

Como ocorre todo dia 20, hoje é dia de missa em sufrágio da alma do Padre Cicero Romão Batista que nosso Roberto Bulhões sempre registra pra nós. Padim Cícero nos abençoe e proteja.

Parlamentares do CE cobram amparo a moradores de rua



O agravamento da crise econômica, ao longo dos últimos anos, e a instabilidade social decorrente têm agravado a questão da população em situação de rua no Brasil e no estado do Ceará. O tema é pautado, ocasionalmente, pelos parlamentares na Assembleia Legislativa do Ceará e na Câmara Municipal de Fortaleza – seja em cobranças via pronunciamentos na tribuna ou com propostas legislativas.
Na última semana, durante sua fala no plenário da AL, o deputado estadual Carlos Felipe (PCdoB) destacou o Projeto de Indicação 168/22, de sua autoria, que cria o Observatório das Políticas Públicas para a População em Situação de Rua. O projeto busca o monitoramento e avaliação para indicação de propostas de políticas públicas que possam promover a proteção social às pessoas em situação de rua. “O Ceará tem um elevado número de moradores de rua. Fortaleza é campeã no número de pessoas que estão nas ruas. É preciso fazer essa reflexão de fortalecer as políticas sociais para as pessoas que vivem nessa situação de extrema vulnerabilidade”, apontou.
Carlos Felipe ressaltou ainda que, em 2020, pelo menos 2,6 mil pessoas viviam sem moradia em Fortaleza, segundo dados do Censo Geral da População em Situação de Rua de Fortaleza. “Acreditamos que os números são maiores e aumentam a cada ano. São pessoas que nunca tiveram moradia e nunca fizeram um curso profissionalizante, e é preciso olhar, acolher e garantir direitos a esses cidadãos que estão na extrema pobreza, muitas vezes sem vínculos familiares”, assinalou. “É preciso que a Prefeitura de Fortaleza pense e desenvolva mais políticas públicas para pessoas em situação de rua, e sei que o Governo do Estado está sensível a essa causa”, cobrou, ainda.
Documentos
O projeto enviado por Carlos Felipe, no entanto, é apenas um de diversos outros que pautam o tema e que aguardam análise nas casas. O Projeto de Lei 20/22, por exemplo, enviado à Assembleia pelo deputado Davi Durand (Republicanos) tenta fixar cartazes em unidades hospitalares, ambulatoriais e laboratoriais da rede pública de saúde informando que é direito de pessoas em situação de rua receber atendimento médico independente de apresentar documentos de identificação.
“Para a nossa infelicidade, diversos relatos informam que os moradores de ruas não são atendidos na rede médico-hospitalar no estado do Ceará por ausência de apresentação de documento de identidade. Lamentavelmente os direitos ou garantias constitucionais são, equivocadamente, limitados ou condicionados à apresentação de um documento”, escreve ele ao embasar o projeto.
CMFor
Na Câmara Municipal, uma das matérias relevantes ao tema que aguardam análise é o Projeto de Indicação 432/22, enviado pela vereadora Tia Francisca (PL), que autoriza a utilização de espaços e equipamentos públicos para ações de assistência e distribuição de alimentos a pessoas em situação de rua. Ao embasar a proposta, a parlamentar trata do conceito de segurança alimentar, estabelecido como sendo a garantia, a todos, de condições de acesso a alimentos básicos de qualidade, em quantidade suficiente.
Já o indicativo de número 1.597/21, do vereador Danilo Lopes (Avante), propõe a implementação de uma equipe de estratégia de saúde da família nas unidades de atendimento primário para atender pessoas em situação de rua. O texto prevê que cada Regional implementará pelo menos uma equipe exclusiva em uma unidade de atendimento de referência, e após o primeiro ano de implementação a Prefeitura gradativamente aumente o número de unidades por Regional a receberem as equipes. O vereador destaca que a Prefeitura já disponibiliza uma equipe do tipo na UAPS Paulo Marcelo, mas que há necessidade de outras semelhantes em outras partes da cidade.
Por sua vez, o Projeto de Indicação 1.096/21, enviado por Julierme Sena (União Brasil), tenta criar o Programa de Higienização de Pessoas em Situação de Rua, com a instalação de módulos em locais públicos contendo chuveiro, serviço de corte de cabelo e atendimento médico e dentário. A matéria também prevê a possibilidade de fechar parcerias com a iniciativa privada para o recebimento de doações. “É papel do estado e um dever cuidar e zelar pela vida, saúde, integridade, inclusão social e pela dignidade das pessoas em situação de rua”, argumenta o parlamentar no texto enviado à Câmara.