O dia

 


Vêm aí os dias úteis de uma nova semana.Carregados de indagações, os dias que levaram Lula à Argentina, deixaram Alkimin na presidência, deputados diplomados investigados por bandidagem golpista, os dias desta semana também trazem a alegria dos aposentados que esperam mudança no dindim no fim do mês e,claro, o novo salário mínimo. A semana vem ainda carregada com nomes que financiaram a barbárie brasiliense que, aliás, nem sonham que estão sendo investigados. Só que a semana também terá o anúncio de açudes sangrando, sertanejo plantando, água pra evitar a seca. Conta a história que o desemprego está caindo mas a fome e a falta de lugar pra se abrigar...tá danado, viu, tá danado.

Felizmente a tela está preparada pra segunda feira...olhe aí...

Lula enfrenta "crise de confiança em militares", diz imprensa europeia sobre troca no Exército

Jornais como The Guardian e El País destacaram a decisão do presidente Lula de demitir o general Julio Cesar Arruda e a nomeação do general Tomás Miguel Ribeiro Paiva
- Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e novo comandante do Exército, general Tomaz Miguel Ribeiro Paiva
Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e novo comandante do Exército, general Tomaz Miguel Ribeiro Paiva (Foto: Ricardo Stuckert/PR)
Da RFI - A imprensa europeia repercute neste domingo (22) a demissão do comandante do Exército brasileiro, Júlio César de Arruda, a primeira baixa do novo governo. O ministro da Defesa José Múcio oficializou a saída do militar na noite de sábado (21), após se reunir com Lula. Segundo o ministro, a demissão ocorreu devido a uma "fratura no nível de confiança" após a invasão das sedes dos Três Poderes, em Brasília, há duas semanas.
O jornal britânico The Guardian afirma que Arruda teria impedido a polícia de prender golpistas que se alojaram em um acampamento perto do quartel general do Exército em Brasília, na noite do ataque. "Acredita-se que essa controversa decisão tenha permitido que dezenas de criminosos de direita escapassem da detenção depois de saquearem o palácio presidencial, a Suprema Corte e o Congresso do Brasil", escreve o correspondente do diário no Rio de Janeiro, Tom Phillips.
The Guardian explica que o ex-presidente Jair Bolsonaro passou décadas "cultivando laços" com as forças de segurança do país, por isso conta com um significante apoio do setor. "Vários militares teriam encorajado e participado da insurreição pró-Bolsonaro, enquanto Lula disse suspeitar que os manifestantes receberam ajuda interna que lhes permitiu invadir o palácio presidencial", destaca a matéria.

Associação dos prefeitos do Ceará elege amanhã gestão de 2023-2024



A Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), entidade que representa os prefeitos, realizará nesta terça-feira (24) uma assembleia geral para eleger a nova Diretoria Executiva e os novos Conselhos Deliberativo e Fiscal. A reunião dos prefeitos de municípios filiados à entidade acontecerá a partir das 14h, no auditório da sede da Aprece, em Fortaleza (Rua Maria Tomásia, 230 – Aldeota). A solenidade de posse será realizada logo em seguida.
A votação ocorrerá por aclamação, contando com chapa única, de modo que os membros da nova Diretoria Executiva, além dos Conselhos Deliberativo e Fiscal, para o Biênio 2023-2024 serão confirmados nos cargos pelos prefeitos associados que se fizerem presentes. Além disso, o evento contará com a apresentação do Balanço de Gestão 2021-2022.
A Chapa Municipalismo Cada Vez Mais Forte, que deverá comandar a Aprece pelos próximos dois anos, terá mais uma vez como presidente o prefeito de Chorozinho, Júnior Castro, e como vice-presidente Joacy Alves Júnior, prefeito de Jaguaribara. A Diretoria Executiva proposta pela chapa tem como secretário geral José Helder de Carvalho, prefeito de Várzea Alegre; 1ª secretária Rozário Ximenes, prefeita de Canindé; tesoureiro geral Marcondes Jucá, prefeito de Choró; 1º tesoureiro Carlos Áquila Cunha, prefeito de Moraújo; e presidente de honra José Sarto Nogueira, prefeito de Fortaleza.
“Estamos, mais uma vez, colocando nosso nome à disposição da luta municipalista encampada pela Aprece, por acreditar que ainda há muito o que contribuir com o desenvolvimento dos municípios cearenses. Conseguimos montar uma chapa, contemplando tanto na Diretoria quanto nos Conselhos, nomes que representam todas as regiões do Ceará e que são comprometidos com a causa municipalista. A Aprece é a casa dos gestores municipais, espaço de luta e articulação em favor dos municípios. É fundamental a presença de todos os prefeitos e prefeitas cearenses na Assembleia Geral do dia 24, em uma demonstração de união e força de nosso movimento”, declarou o presidente Júnior Castro.

Capa do jornal OEstadoCe


 

Coluna do macário batista para o dia 23 de janeiro de 2023

 


Na contramão
Como mostramos, os prefeitos do Brasil, representados pela associação que reúne no País, a CNM,publicaramnota oficial contra o aumento dado pelo Ministro da Educação, Camilo Santana, aos professores como um todo. Camilo alterou em quase 15% o piso salarial dos mestres o que foi contestado imediatamente pelos chefes municipais, sugerindo que nenhuma prefeitura pague o que está na lei. O Ceará, porém, como berço da educação brasileira, encontrou apoio no decreto de Camilo e um prefeito, este da região metropolitana de Fortaleza, de Caucaia, Victor Valim, foi na contramão dos colegas. Nós mesmos, com outros companheiros de jornalismo, publicamos: "Vitor Valim anuncia reajuste de 14,9% no piso salarial dos professores de Caucaia-A modificação do piso foi anunciado pelo ministro da Educação, Camilo Santana (PT), na última segunda-feira, 16. O prefeito de Caucaia, Vitor Valim (Sem Partido), anunciou hoje, quarta-feira, 18, que encaminhou para a Câmara Municipal, em regime de urgência, um PL que reajusta em 14,9% o piso dos professores do seu município.“Educação é a nossa prioridade. Continuamos com o nosso padrão de sempre pagar valores acima do piso nacional”, explicou em suas redes sociais. Valim é o primeiro gestor no Ceará a anunciar a aplicação do percentual. A modificação do piso foi anunciado pelo ministro da Educação, Camilo Santana (PT), na última segunda-feira, 16. Seria exemplo de rebeldia à classe, ou exemplo de apoio e responsabilidade a uma categoria de fundamental importância na vida nacional?
A frase: "“Educação é a nossa prioridade. Continuamos com o nosso padrão de sempre pagar valores acima do piso nacional”. Victor Valim, prefeito de Caucaia acatando imediatamente o aumento dado aos professorado brasileiro pelo Ministro Camilo Santana,da Educação.
Academia de Letras (nota da foto)
Na tricentenária Icó, foi instalada a Academia Icoense de Letras (AIL). A presidência será exercida por Cláudio Pereira. Professor, cordelista, memorialista e coordenador de cultura. Cláudio é quem recebe as caravanas do mundo todo para apresentar o rico acervo arquitetônico da cidade cravada no Vale do Salgado do Ceará.
Secretaria
Hoje é um apêndice de uma secretaria qualquer. Só em fevereiro, quando a Assembleia voltar do recesso, será criada a Secretaria da Pesca. Os demais deputados, onde já havia secretaria funcionando, estão empossados.
Fortaleza nas cabeças
Quem não é chegado a uma grande folia de carnaval tem apostado em Fortaleza para o período. Do total, 43% de entrevistados no Brasil, querem vir pro Ceará. O Ceará, mais que Fortaleza, tem as praias ao leste e a oeste. E bote Canoa e Jeri no meio.
Destinos lá fora
Ainda sobre o carnaval, os lugares mais procurados por quem está com uma ponta, em dólar ou euro, escolhidos,segundo o pessoal que cuida de estatísticas pro exterior, são; Lisboa, Buenos Aires, Orlando e Miami. Nessa ordem.
Foi engraçado
No Vale do Jaguaribe houve um mundaréu de Câmara Municipais onde o nome certo era um, pra presidir a Casa, mas no meio do caminho sempre havia uma pedra. Pedras eleitas, por sinal. E teve casos quase engraçados.
Chiqueirados
Usam muito no interior, véspera da eleição de uma Câmara Municipal, prender os vereadores numa local, onde passam a noite e só saem em grupo para a sessão de votação e eleição. Só chiqueirados garantem uma eleição.
Nem tanto
Em Alto Santo, dos 11 vereadores seis, a maioria, foi hospedada na Casa do vereador Fabinho para eleger, no dia seguinte, presidente André Cabó. Tudo certo. Na hora da votação, quando abriram as urnas o eleito foi o dono da Casa,onde o grupo dormiu.Virada na noite.
Duas vagas
Ainda é 2023, mas os bastidores fervilham com os nomes a serem indicados para disputa de duas vagas pro senado da republica, no Ceará. Dão como certa a reeleição de Cid Gomes. É uma. A outra, estaria sendo acertado para Zé Guimarães,o que ele mais sonha na vida.
O cartão cantou
Nos sertões do Cariri o cartão corporativo da presidência da república cantou alto. NUma das idas de Bolsonaro por lá, ficaram R$25 mil reais num lugar chamado Caktus. Diz que foi "dicumê" para alimentar num spo dia, 200 assessores e e auxiliares de Bolsonaro.
O cartão cantou II
Já em Brejo Santo, as despesas ficaram em R$25.319,68, no super mercado Seleto. Perto de Brejo Santo o excelentíssimo senhor`presidente tomou uma coca, sem nenhuma brevidade ou sanduba, em Missão Velha. Pessoal maldoso desconfia de motociatas.

Bom dia

 


Criação de moeda comum para a América do Sul está na pauta do encontro do presidente Lula com o argentino Alberto Fernández. Foto: Esteban Collazo/Presidência da Argentina
Encontro presidencial
Lula e Fernández defendem, em artigo, moeda sul-americana comum.
O presidente Lula começou ontem, domingo (22) a primeira viagem internacional de seu terceiro mandato ao aterrissar em Buenos Aires. Lá, terá uma reunião com o presidente da Argentina, Alberto Fernández, com quem planeja debater a elaboração de projetos de parceria econômica entre os dois países. Um dos itens da pauta é a construção de uma moeda comum para países sul-americanos, pauta antes rechaçada pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad.
A pauta do diálogo entre Lula e Fernandez foi estabelecida em um artigo conjunto assinado pelos dois presidentes na véspera do encontro e publicada pelo jornal portenho Perfil. No documento (leia a íntegra, em português, mais abaixo), os dois se referem ao Brasil e à Argentina como “duas nações irmãs” e se comprometem a “quebrar as barreiras em nossas trocas”. Uma das medidas para isso é “avançar nas discussões sobre uma moeda sul-americana comum que possa ser usada tanto para fluxos financeiros quanto comerciais, reduzindo custos operacionais e nossa vulnerabilidade externa”.

Opinião

 

Jamil Chade

Sem olavistas e monarquistas, novo governo prepara reforma no Itamaraty

Solenidade de transmissão de cargo no Ministério das Relações Exteriores; ministro Mauro Vieira assumiu a pasta palácio do Itamaraty - Pedro Ladeira/Folhapress
Solenidade de transmissão de cargo no Ministério das Relações Exteriores; ministro Mauro Vieira assumiu a pasta palácio do Itamaraty Imagem: Pedro Ladeira/Folhapres


O governo de Luiz Inácio Lula da Silva inicia uma verdadeira faxina no Itamaraty e a escolha de pessoas de confiança e diplomatas experientes para liderar uma transformação profunda na política externa do país.

A promessa do chanceler Mauro Vieira é de que não haverá caça às bruxas. Mas a decisão é de colocar, nos cargos mais estratégicos da diplomacia, embaixadores afinados com a postura do novo governo, inclusive ex-ministros do governo de Dilma Rousseff.

Saem de cena olavistas e monarquistas que, durante a gestão de Ernesto Araújo, tinham ganhado espaço e até influência na agenda do Itamaraty. Já foram ainda exonerados embaixadores que foram abraçados pelo bolsonarismo, como no caso de Washington e Nova York.

Esforços ainda foram solicitados para que haja uma maior participação de embaixadoras em postos de grande peso político.

Enquanto as decisões finais sobre os nomes não são tomadas, circula já pelos corredores da chancelaria uma lista extra oficial dos potenciais escolhidos para assumir funções de chefia no Itamaraty e em postos pelo mundo.

Com 40% dos cargos em mãos de mulheres, a lista ainda não definitiva revela uma possível nova composição do Itamaraty:

Secretaria de América Latina e Caribe: Gisela Padovan
Secretaria de Europa e América do Norte: Maria Luisa Escorel
Secretaria de África e de Oriente Médio: Carlos Duarte
Secretaria de Ásia e Pacífico: Eduardo Saboia
Secretaria de Assuntos Econômicos e Financeiros: Mauricio Lyrio
Secretaria de Promoção Comercial, Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura: Rodrigo Azeredo
Secretaria de Comunidades Brasileiras e Assuntos Consulares e Jurídicos: Leonardo Gorgulho
Secretaria de Clima, Energia e Meio Ambiente: André Corrêa do Lago
Secretaria de Gestão Administrativa: Fátima Ishitani
Secretaria de Assuntos multilaterais políticos: Glivânia Oliveira


No que se refere às principais embaixadas e missões, algumas delas já começam a ser preenchidas. Nesta semana, o Itamaraty anunciou a designação do embaixador Sergio Danese para liderar a representação do Brasil na ONU, em Nova York.

Faltando poucas semanas para terminar o governo Bolsonaro, o Itamaraty tentou emplacar a escolha de aliados para algumas das embaixadas no exterior. Mas o processo foi suspenso por Mauro Vieira, que deixou claro que queria escolher seus próprios nomes.

Numa lista preliminar, o Itamaraty estaria considerando indicar uma mulher para a embaixada do Brasil nos EUA, assim como uma mudança em Israel, Paris e Londres. Haia, onde Bolsonaro é denunciado no Tribunal Penal Internacional, também contaria com um embaixador escolhido pela nova gestão:

Washington - Maria Luiza Viotti
Londres - Antonio Patriota
Paris - Ricardo Neiva Tavares
Tel Aviv - Fred Meyer
Panamá - Adriano Pucci
Haia - Fernando Simas
Doha - Fernando Pimentel
Camberra - Ronaldo Costa
Vaticano - Everton Vargas
Rabat - Irene Vida Gala


Carlos França, o último chanceler de Bolsonaro, deve assumir a embaixada do Brasil em Ottawa. Já Ernesto Araújo, duramente criticado pelos colegas, pediu um afastamento e hoje mora nos EUA, onde sua mulher trabalha como diplomata brasileira.

O dia

Feliz de quem sabe que hoje é domingo.
Feliz de quem sabe que amanhã é segunda feira.
Feliz de quem tem a sanidade mental para entender que no domingo as pessoas guardam o dia do Senhor e que a segunda feira as pessoas dedicam suas vidas ao trabalho que é como está na bíblia...terás o teu sustento com o suor do teu rosto. Então, os rendeiros que nos perdoem, mas ainda preferimos quem trabalha a quem vive do trabalho alheio. E mais: feliz é quem reconhece o trabalho do outro porque a dignidade é das duas partes. A felicidade,por sinal, num domingo, basta ver, como em todos os outros dias. que hoje é outro dia e que amanhã, hoje será ontem.

Ministério da Saúde declara emergência em saúde em território yanomam

 Indígenas de todo o Brasil chegam à Brasília para o Acampamento Terra Livre.

O Ministério da Saúde declarou Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para combate à desassistência sanitária dos povos que vivem no território indígena Yanomami, em Roraims. A portaria foi publicada na noite desta sexta-feira (20) em edição extra do Diário Oficial da União.

A pasta também instalou o Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (COE – Yanomami), que estará sob responsabilidade da Secretaria de Saúde Indígena (SESAI), e anunciou o envio imediato de cestas básicas, insumos e medicamentos.

Entre outros, o comitê será o responsável por coordenar as medidas a serem empregadas durante o estado de emergência, incluindo a mobilização de recursos para o restabelecimento dos serviços de saúde e a articulação com os gestores estaduais e municipais do Sistema Único de Saúde.

Desde a última segunda-feira (16), equipes do Ministério da Saúde se encontram no território indígena Yanomami. A região tem mais de 30,4 mil habitantes. “O grupo se deparou com crianças e idosos em estado grave de saúde, com desnutrição grave, além de muitos casos de malária, infecção respiratória aguda (IRA) e outros agravos”, informou a pasta.

As equipes devem apresentar um levantamento completo sobre a crítica situação de saúde dos indígenas. A terra indígena Yanomami é a maior do país, em extensão territorial, e sofre com a invasão de garimpeiros. O povo da região vive uma crise sanitária que já resultou na morte de 570 crianças por desnutrição e causas evitáveis, nos últimos anos.

Levantamento feito pelo Ministério da Saúde registrou três óbitos de crianças indígenas nas comunidades Keta, Kuniama e Lajahu entre 24 e 27 de dezembro de 2022. No ano de 2022, foram registrados 11.530 casos confirmados de malária na terra Yanomami.

Neste sábado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ministros de Estado visitam Roraima, para ver de perto a situação dos indígenas. Também na noite de ontem (20), Lula institui o Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento à Desassistência Sanitária das Populações em Território Yanomami. O objetivo do grupo é discutir as medidas a serem adotadas e auxiliar na articulação interpoderes e interfederativa.

(*)com informação da Agência Brasil

Bom dia

 


Lula demite comandante do Exército e nomeia general que defendeu resultado das urnas.

O substituto será o atual comandante militar do Sudeste, general Tomás Miguel Ribeiro Paiva, que defendeu o resultado das urnas como princípio de hierarquia e disciplina.

General do Exército Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva (Foto: EsPCEx)