Coluna do macário batista para o dia 28 de julho de 2022

É um momento novo na vida cearense
Véspera de uma eleição difícil, complicada e aparentemente disputada por direitona e centro,que não é centrão, eis que entra em cena a esquerda e com ela um inédito pedido de desfiliação de um partido, até instantes apontado como o mais promissor para encarar o que seria a presença do bolsonarismo no Estado. Então é novo,sim. Izolda Cela pede desfiliação do PDT e acena que, no apoio à candidatura de Camilo Santana ao Senado, está embutido o nome novo, agora de Elmano de Freitas, do PT, ao Governo que ela representa. Ao se desfiliar, num ato político prenhe de simbologias, Izolda Cela demitiria auxiiliares agora do lado de lá da via, ou na contramão dessa via. Quadros se anteciparam e pediram o boné. Lá no Porto do Pecém, Danilo Serpa faria o mesmo gesto como executivo da Casa. E tem outros e mais outros, como poderemos acompanhar pela edição de hoje e daqui pra frente, do Diário Oficial do Estado. é natural que quando um casamento se desfaz, se desfaça também laço mais singelo e que cada lado fique co sua parte. Assim ensina Chico Buarque, quando canta...devolva o Neruda, que você levou e nunca leu, o disco do Pixinguinha,Aliás,Aceite uma ajuda do seu futuro amor/Pro aluguel/...Eu bato o portão sem fazer alarde/Eu levo a carteira de identidade/Uma saideira, muita saudade/E a leve impressão de que já vou tarde. cê entendeu? As separações,naturalmente dividem os corpos, as mentes e os valores, físicos e espirituais. Ficam lembranças,sim, mas ficam também cicatrizes e tatuagens que o tempo se encarregará de guardar, envelhecer,enrugar e até mudar de lugar. Pronto. Como disse ontem, a sorte está lançada.
A frase "Governo do Estado não é mais do PDT e Izolda passa a administrar com aliados para levar Elmano ao 2º turno". Fato. De imprensa inteligente.
A surpresa (Nota da foto)
Com reeleição assegurada, um trabalho administrativo e político elogiados por colegas e observadores da cena, à frente da Assembleia do Estado, virou surpresa a decisão do presidente da Casa, Evandro Leitão, virar a chave e se candidatar a deputado federal,dizem que a pedido de Camilo Santana. Deixaria a mulher Cristiane candidata a deputada estadual.
Então veremos
Como dito,Ciro subiu a Meruoca. Foi gravar para o programa de televisão, de sua campanha para a presidência. Dois dias de muito trabalho, pois televisão é nação trabalhosa.
Já que tá dentro...
Na Serra da Meruoca, onde o irmão Cid foi guardar o seu silêncio, no sítio da família, Ciro se arranchou com a mulher e foi agraciado com bom cardápio, bom vinho e o friozinho que na Palestina ainda tem.
Longas conversas
O que sobrou disso tudo é que as conversas vararam a madrugada e, claro, 99% do mote eram política. Nacional e, estadual. Como vai ser, como será e etc e coisa e tal.
No frigir dos ovos
Ficou entendido, por fim, que Cid Gomes, de raiva amenizada, vai entrar na campanha de Roberto Claudio para o governo do Estado. Magoou? Doeu? Dá um beijo que passa. Aparentemente as coisas se acalmaram. Mas Cid chegaria pro trabalho no segundo turno, se houver.
Fuxico desfeito
Tudo quanto é órgão de imprensa embarcou na história de que Lúcio Gomes teria pedido demissão da Secretaria de Infraestrutura do Estado, em razão da desfiliação de Izolda Cela,governadora, do PDT,onde Lucio está.
Aí então...
Lúcio Gomes, já muitas horas depois do fuxico ter virado travesseiro de plumas, rasgado, foi ao meio fio e declarou com tintas novas...não pedi demissão coisa nenhuma. Fico no governo enquanto merecer a confiança da governadora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário