Coluna do blog

Banco Mundial avalia "segurança viária" de Fortaleza
Delegação cearense de tecnicos em mobilidade urbana e segurança viária de Fortaleza, se reuniu ontem, em Washington, nos Estados Unidos, para apresentação de proposta da Prefeitura de Fortaleza sobre estudos e posterior apoio do Banco Mundial à idéia cearense. O que pedimos foi o interesse do Banco de técnicos da instituição para elaboração do plano de segurança viária de Fortaleza.O pedido funcionaria, depois desses estudos preliminares, com a definição de diretrizes e ações de investimentos paraa redução de acidentes e mortes no transito de Fortaleza.Luiz Saboia, comandante da delegação, "lider técnicos da Bloomberg no Ceará, adiantou que esse planejamento deveraá estar pronto até setembro deste ano, a partir de quando começarão as ações de financiamento do Banco Mundial.  Na verdade o Banco Mundial tem granade interesse em financiar projetos que melhorem os indicadores da vida das pessoas,também quando à mobilidade e a segurança viária. Em fevereiro próximo, técnicos dessa área do WB, vão estar com o Prefeito Roberto Claudio para que se avance no tema, hoje um ponto extremo as preocupações do mandatária. O encontro da delegação cearense com técnicos e gerentes dessa área do Banco Mundial, tratou de números, como por exemplo: o Banco Mundial financia um projeto dessa ordem, nesse campo técnico, tendo em foco estatisticas que possam ser derrubadas já que os estudos preliminares a que se refere aqui apontarão onde, quando e como mexer nas áreas de maior incidência de acidentes e mortes para fazer despensar os números que forem encontrados.

A frase: "Um símbolo da falta de democracia é uma cidade ter carros estacionados nas calçadas."  Enrique Penalosa, prefeito e Bogotá.

Do prêmio ao pedido técnico(Nota da foto)
Depois da premiação recebida na noite de terça feira, em Washington, por Luiz Sabóia e Patrícia Macedo, representnando o prefeito Roberto Claudio, a equipe de Sabóia continuou na capital dos Estados Unidos em reuniões no Banco Mundial tratanado da segurança viária e mobilidade urbana de Fortaleza.O Mobiliza de 2019 será em Fortaleza e reunirá técnicos no assunto e autoridades do mundo inteiro.Na foto, a diretora executiva do ITDP, Clarisse Linke entrega a premiação aos cearenses;

Vias e bicicletas
Depois de demarcados na cidade vários caminhos exclusivos para bicicletas, o sistema viario e Fortaleza com suas câmeras de monitoramento encontrados números antes inimagináveis.

Corredor 1
Na Bezerra de Menezes, uma das mais longos avenidade de Fortaleza, as Câmeras da AMC contaram por dia um movimento da ordem de 3.600 pessoas passando por lá de bocicleta.

Corredor 2
Nas horas e pico, as mesmas câmeras contaram no cruzamento da DOmingos Olímpio com a Aguanambi, um movimento perto e 800 bicicletas em duas horas do horário de pico,entre 4 e seis da tarde.

Transito calmo
Hoje, os técnicos cearense que discutem o projeto de segurança viária e mobilidade urbana com o Banco Mundial, discutirão com técnicos do WB,sobre trânsito calmo,aquele que fica no entorno de hospitais, por exemplo.

Internacioal
Nessa mesa de discussões, há grande interesse na premiação recebida por Fortaleza na noite anterior, razão porque os Secretários de Mobilidade Urbana de POrtugal - Lisboa - ede Bogotá, na Colômbia farão parte do miting.

Nenhum comentário:

Postar um comentário